Caminhoneiros protestam contra alta do diesel e dos pedágios em várias rodovias

<p>Desde a manhã de domingo motoristas organizam bloqueios em diversas rodoviais.</p>
Protestos de caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel e o custo dos pedágios complicam o trânsito em várias rodoviais na manhã desta segunda-feira, 23. Os motoristas protestam também contra o baixo valor dos fretes rodoviários.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os caminhoneiros bloqueiam rodovias em pelo menos cinco Estados. A rodovia Fernão Dias, principal ligação entre São Paulo e Belo Horizonte, está bloqueada em cinco pontos no Estado de Minas Gerais. Os bloqueios acontecem no km 513, em Igarapé; no km 676, em Belo Horizonte, no sentido de São Paulo, e no km 521, em Igarapé; km 617, em Oliveira; km 636, em Santo Antonio do Amparo, e km 677, em Perdões, no sentido de Belo Horizonte.
No Estado do Paraná, dez rodovias estaduais e três federais têm pontos de bloqueio - ao todo são 16 interrupções, segundo a Polícia Rodoviária Estadual. Apenas os caminhões estão sendo impedidos de passar. 
Em Mato Grosso, a BR-163 e a BR-164 têm pontos de interdição. Em Santa Catarina, são nove trechos de rodovias fechados pelos caminhoneiros. Nesta manhã, a mobilização atingiu o Rio Grande do Sul. Automóveis, veículos de emergência e caminhões com perecíveis estão sendo liberados, mas os congestionamentos afetam o fluxo. Os motoristas reclamam também de aumento de tributos e da falta de correção nas tabelas de fretes.
A Polícia Rodoviária Federal informa que em Dourados, no Mato Grosso do Sul, o quilômetro 256 da BR 163 está interditada por caminhoneiros. 
Em Medianeira, no oeste do Paraná, a BR 277, no quilômetro 667, foi liberada após protestos. Manifestantes também fizeram protesto em Goiás, onde a BR 364, principal corredor de escoamento graneleiro de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais, ficou com o trânsnsito bloqueado no perímetro urbano de Jataí, próximo do quilômetro 198. 
Outro bloqueio na mesma rodovia foi organizado no quilômetro 300 também. A Polícia Rodoviária Federal informou que, no domingo, durante todo o período da manhã e até às 17 horas, outras rodovias na região do sudoeste goiano também foram bloqueadas: em Mineiros, na BR 364, e em Caiapônia, na BR 158. 
A manifestação foi pacífica, segundo a polícia. Mas, foram registrados casos de discussões entre os próprios caminhoneiros, pois alguns não queriam participar da manifestação, mas estavam impedidos de seguir viagem, informou a Polícia Rodoviária Federal em Goiás. 
A PRF acompanha e negocia com os manifestantes, "especialmente para garantir a passagem de veículos em casos de urgência".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações