Livre da Operação Lava Jato, Henrique Alves caminha para assumir ministério no Governo Dilma

  Destaque no blog de Romeu Dantas
O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), foi vítima, durante a campanha eleitoral de 2014, de várias acusações de participação no desvio de recursos da Petrobras, investigado através da Operação Lava Jato. Tal acusação o condenou à derrota no pleito, levando à vitória o seu adversário e hoje governador Robinson Faria (PSD). Foi, sem dúvidas, um fator preponderante no resultado da eleição estadual.

A mídia bateu. A oposição bateu e o eleitor acreditou que Henrique Alves realmente teria participação no esquema da Petrobras. Eis que agora, passada a eleição, o procurador geral da República, Rodrigo Janot, recomendou ao Superior Tribunal federal (STF) o arquivamento do inquérito contra o ex-deputado por falta de provas. Ou seja, Henrique Alves, de acordo com a investigação, não está envolvido na Lava Jato.

Derrotado nas urnas, Henrique vê agora a natural possibilidade de vir a assumir um ministério no Governo Dilma, dentro da cota do PMDB. Dilma do PT, partido cujos militantes dispararam pesado contra Alves ano passado. Vão ter que aceitar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações