Werdum finaliza Velasquez e é o novo campeão dos pesados do UFC

Fabricio Werdum comemora a vitória sobre Cain Velasquez no UFC 188, no México

O cinturão dos pesos pesados do UFC tem um novo dono. Na noite deste sábado, na luta principal do UFC 188, na Cidade do México, o brasileiro Fabrício Werdum não se importou com o favoritismo de Cain Velasquez, venceu usando sua melhor arma e é, oficialmente, o campeão da categoria mais respeitada do esporte.

O título, de certa forma, já era de Werdum, mas de forma interina. O UFC tinha colocado um cinturão alternativo em disputa, já que Velasquez, o campeão linear, não lutava desde outubro de 2013. O período afastado, inclusive, parece ter atrapalhado o norte-americano, que não mostrou a mesma forma de outrora.

Méritos também de Werdum, é claro. Depois de ser dominado no primeiro round, o brasileiro deu o troco no segundo assalto e virou o combate. A vitória veio com o jiu-jitsu, que já o havia lhe ajudado a bater nomes do quilate de Fedor Emelianenko e Rodrigo Minotauro. Velasquez caiu na guilhotina no terceiro round.

"Queria agradecer a todos. Vamos todos respeitar Cain Velasquez. Vou agradecer ao Brasil, minha equipe. Foi uma luta duríssima e, com certeza, teremos uma revanche", disse Werdum em suas primeiras palavras com o cinturão. "Vim 35 dias antes para cá, deixei minha família. Tinha uma boa estratégia", seguiu.

A altitude da Cidade do México também foi assunto para Velasquez depois da luta. O norte-americano, sempre elogiado por sua resistência, preferiu não falar sobre isso. Limitou-se a deixar seu recado ao público mexicano. "Perdão a todos vocês. Perdão a todos que deram duro para estar aqui. Na próxima, vamos ganhar."

Antes de Velasquez, Werdum vinha de cinco vitória consecutivas no UFC, passando por Mark Hunt - quando garantiu o título interino -, Travis Browne, Minotauro, Mike Russow e Roy Nelson - em seu retorno ao UFC. Agora, ele já é o recordista na categoria em número de triunfos consecutivos, ao lado de Andrei Arlovski.

A vitória de Werdum também faz com que o Brasil volte a ter três campeões do UFC. Além do título dos pesados, o país tem o dono do cinturão do peso pena, com José Aldo, e dos leves, com Rafael dos Anjos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações