UFRN participa de Encontro de Universidades de Língua Portuguesa

A partir desta quarta-feira, 15, até a sexta-feira, 17, a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Angela Maria Paiva Cruz, e o secretário de Relações Internacionais e Institucionais, Marco Venício, estarão na Universidade de Cabo Verde (UNICV), na África, onde participam do XXV Encontro da Associação de Universidades de Língua Portuguesa (AULP).


Sob o tema “Novos desafios para o Ensino Superior após os objetivos de desenvolvimento do milênio, representantes de 150 universidades e Instituições de Ensino e Investigação de países que falam o idioma português (CPLP) estão discutindo políticas e estratégias de cooperação para o desenvolvimento em seus respectivos países, assim como a difusão e desenvolvimento da língua e literatura portuguesas.


A plataforma continental marítima, a presença do mar na cultura expressa em português e os novos desafios das universidades-membros da AULP, são igualmente discussões que permeiam o evento. O XXV Encontro da AULP será no Hotel Vulcão da Cidade Velha, na ilha de Santiago, Cabo Verde. Os participantes também vão cumprir programação cultural, como o lançamento de edições da AULP 2014 e da edição comemorativa do Encontro.


AULP

Fundada no dia 26 de novembro de 1986, a Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP) é uma ONG internacional que promove a cooperação e troca de informação entre Universidades e Institutos Superiores. Atualmente, congregam cerca de 140 integrantes dos oito países de língua oficial portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor e Macau.

A missão da Associação é facilitar a comunicação entre os membros em prol do desenvolvimento coletivo do ensino e da língua portuguesa no mundo. Isso estimula a investigação e o intercâmbio de alunos e de docentes.

Uma das prioridades da ONG é reforçar as suas relações com a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) para a qual presta consultoria na área de pesquisa. A ULP também promove a colaboração multilateral entre as universidades dos países de expressão portuguesa e multiplica esforços no sentido de consolidar laços e promover ações conjuntas entre os seus membros. A perspectiva é contribuir para o reconhecimento da comunidade que fala a língua portuguesa, sobretudo, dos pesquisadores.

Entre os desafios que a AULP enfrenta está a valorização das culturas desses países, a dinamização da rede de universidades no sentido de aproximar as dinâmicas científicas, multiplicar os intercâmbios nos domínios do ensino e da investigação científica, consolidar as parcerias estratégicas e ampliar o papel da língua portuguesa como animador qualificado desta comunidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações