Em jogo de jejuns, Vasco põe reação à prova diante do Furacão no Maraca


Longe de casa, mas em busca de um novo lar, o Vasco recebe o Atlético-PR, neste domingo, às 16h, no Maracanã. O duelo guarda algumas particularidades. Atual lanterna do Campeonato Brasileiro, o time de São Januário pode se apoiar num retrospecto amplamente favorável contra o Furacão em jogos no Rio: o Vasco nunca perdeu para os paranaenses. Por outro lado, não vence uma partida desde 2011, quando virou sobre o Furacão - 2 a 1, gols de Alecsandro. 

Depois de fazer as pazes com a vitória e com os gols, o Vasco tem outro obstáculo para seguir vivo e sonhando na luta contra o rebaixamento: vencer novamente como mandante. O time carioca tem o pior aproveitamento da competição. Fora o clássico contra o Flamengo, disputado em Cuiabá - Vasco era mandante na vitória por 1 a 0 contra o arquirrival -, o time cruz-maltino só conseguiu uma vitória, há mais de dois meses. O técnico ainda era Celso Roth, e o gol foi marcado por Emanuel Biancucchi no placar apertado de 1 a 0 sobre o Avaí. 

O retrospecto positivo contra os paranaenses em casa poderiam servir de inspiração para o Vasco, mas o técnico Jorginho ignora e pede concentração total apenas na partida e nos desafios contra o time do atacante Walter.

- Eu não vejo, não leio (questão de estatísticas). Tenho a minha assessoria e a do Vasco que estão ligadas em todas essas coisas. Mas a gente não pode pensar nisso, até porque se pensarmos na estatística de rebaixamento a gente já está fora. A gente precisa acreditar no nosso trabalho, a gente tem que focar no nosso treinamento, mas é bom que as pessoas falem (do retrospecto), pois isso nos dá mais motivação - disse o treinador do Vasco.

Além da primeira vitória no Rio contra o Vasco, o Atlético entra de olho numa vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro. Na sexta posição, com 38 pontos ganhos, o Furacão terá os retornos do volante Otávio e do meia Marcos Guilherme para tentar entrar no grupo dos quatro primeiros colocados e acabar com este tabu incômodo. Para voltar para Curitiba com três pontos na bagagem, o técnico Milton Mendes aposta na boa fase do atacante Walter, autor de sete gols na competição, diante da pior defesa do Brasileirão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações