Dérbi contra a crise: Corinthians e Palmeiras se enfrentam sob pressão


MONTAGEM - Tite Corinthians e Oswaldo de Oliveira Palmeiras (Foto: Editoria de Arte)

Os alvinegros começaram o ano voando, mas caíram no Paulista e na Libertadores, além de perderem peças importantes, como Guerrero e Sheik, e estão em processo de reformulação. Os alviverdes aumentaram as expectativas com 21 contratações para esta temporada, mas viram a equipe estacionar e perder pontos importantes em casa. Corinthians e Palmeiras se enfrentam neste domingo, às 16h (horário de Brasília), na arena em Itaquera, pela quarta rodada do Brasileirão, sob pressão.

Há algum tempo o Dérbi não tinha clima tão tenso dos dois lados. Quem perder certamente enfrentará turbulências na semana seguinte. A situação do Corinthians é ligeiramente mais confortável. Com sete pontos, a equipe de Tite está nas primeiras posições do Campeonato Brasileiro e joga em sua casa. O que pesa contra é a eliminação para o rival nos pênaltis pelo Paulistão, a saída precoce da Taça Libertadores e a crise financeira, que não permitiu ao clube manter Paolo Guerrero. 

O Palmeiras ainda não venceu no Brasileiro após três jogos (dois empates e uma derrota) chega para o Dérbi após empate sem gols em casa com o ASA, pela Copa do Brasil, o que deixa desconfortável a situação do técnico Oswaldo de Oliveira - são três jogos consecutivos sem balançar as redes. O que anima a torcida alviverde é o fato de o Verdão ter eliminado o time arquirrival na competição estadual no último confronto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações