Em "final", Galo tenta manter sonho do título; e Timão, aproximar-se da taça


Quando o árbitro Heber Roberto Lopes apitar o final da partida deste domingo, no Independência, um desses dois sentimentos estará em evidência: a manutenção do sonho do título do Campeonato Brasileiro por parte do Atlético-MG ou a quase celebração do iminente hexacampeonato do Corinthians.

A "decisão" está marcada para às 17h (de Brasília), em Belo Horizonte, território inimigo para o Timão que, em dois jogos no estádio, não sabe o que é vencer. 


Mas um empate pode ser considerado um triunfo para os corintianos, já que a diferença de oito pontos estaria mantida, faltando cinco rodadas para o final da competição – 15 pontos ainda em disputa após o jogo.

Ao Galo resta a vitória como última tentativa para evitar o vice-campeonato. Para isso, o time de Levir Culpi vai contar com a força da torcida, que vai lotar o estádio. A promessa é de que o Horto se torne novamente em um caldeirão para levar o Atlético-MG à vitória.

Do lado do Timão, Tite tentará substituir as infiltrações do volante Elias, suspenso pelo terceiro amarelo, pela visão de jogo e boa pontaria de Rodriguinho, meia que assumirá a vaga do colega. Se vencer, a diferença vai para 11 pontos e o título pode até já ser comemorado ao término da 34ª rodada, dependendo de mais um triunfo do Corinthians e novo tropeço do Atlético-MG.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado

Festa do Boi começa nesta sexta com Aviões, Simone & Simaria, Luan Estilizado, entre outras atrações