Ano de 2015 foi o mais quente da história

O jornal Le Monde que chegou às bancas na tarde desta segunda-feira (28) traz novamente um alerta para o planeta. Segundo a manchete do vespertino, o ano de 2015 teria sido o mais quente da história.

De acordo com a reportagem do Le Monde, as temperaturas médias registradas no planeta são as mais elevadas desde 1880, quando as primeiras medições meteorológicas foram realizadas. Os responsáveis por esses números seriam o fenômeno El Niño e, principalmente, o aquecimento do planeta ligado às emissões de gazes que provocam o efeito estufa.

O veredito ainda não é definitivo, pois as três entidades que controlam as temperaturas mundiais – Agência oceânica e atmosférica americana (NOAA), Agência espacial americana (NASA) e Agência meteorológica britânica (Met Office) – só devem revelar seus dados finais no mês de janeiro, após terem integrado as informações de dezembro. No entanto, segundo as análises prévias, os dados complementares só devem ampliar o fenômeno constatado nos onze primeiros meses de 2015.

Para isso, ressalta Le Monde, basta observar o Natal na França, onde a temperatura média no país no dia 25 de dezembro foi de quase 11 graus, ou seja, bem acima da média habitual. Outro exemplo apontado pelo vespertino é o de Nova York, onde a ceia de natalfoi celebrada com termômetros na casa dos 22 graus, um recorde histórico. O jornal também lembra que Índia e Paquistão enfrentaram 45 graus nos meses de meio de junho deste ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENTENDA OS MASSACRES DE CUNHAÚ E URUAÇU, DATA QUE É FERIADO NO RIO GRANDE DO NORTE

Ex-secretário confirma pré-candidatura

Odon Jr e Anderson realizam Festa da Vitória na próxima terça-feira (11), véspera de feriado